12
Out 08

 

Houve um tempo que minha situação financeira ficou tão crítica, que comecei a vender as coisas de dentro de casa. Foi assim que fiquei um ano sem geladeira. Muito tempo depois, contando os fatos a uma amiga, ela respondeu que na verdade precisamos de bem pouco para ser feliz. Fiquei com esta frase na cabeça.
Estamos tão acostumados a consumir para ser feliz, comprar presentes em datas comemorativas, gastar, para demonstrar o amor que sentimos; homenagear alguém fazendo comprinhas.
E hoje, não conseguimos imaginar uma casa sem TV, geladeira, vídeo, DVD, computador, carro, celular. Mas será que precisamos realmente de tudo isso para ser feliz?
Não menosprezo os bens materiais e as idas ao shopping. Fazer compras é uma delícia!
Mas não podemos nos tornar escravos do dinheiro, do consumo. Usar o dinheiro e não, ser usado por ele.
Quem tem o coração aberto para as pequenas e importantes coisas da
vida verá como é fácil ficar bem, mesmo sem uma geladeira na cozinha.
O que não faz um sorriso? E um gesto de carinho? Uma gentileza inesperada!Um elogio! Tanta coisa nos deixa contente! E quando retribuímos? 
Com ou sem dinheiro, tendo ou não bens materiais, ser feliz é antes de tudo, uma questão de talento.
publicado por encontromarcado às 14:31

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO