02
Mai 09

 

 
 
Parece filme de ficção científica, mas não é. Muita gente não sabe, que um asteróide com cerca de 1 km de diâmetro, poderá estar em rota de colisão com a Terra em 21 de março de 2014. O acontecimento, embora tenha sido divulgado inicialmente em 2003, permanece viável até hoje. Para quem não sabe, segundo agências britânicas, responsáveis pelo controlo de objetos potencialmente perigosos para a Terra, o impacto do objeto sobre o nosso planeta, seria o equivalente ao lançamento de 20 milhões de bombas atômicas, capazes de causar um grande estrago.
 
Mas calma. Antes de pensar que é o fim de tudo, é bom saber que há grandes hipóteses de que tudo não passe de um grande susto. De acordo com a BBC, seu diâmetro corresponde a cerca de um décimo da massa do meteorito que, segundo os cientistas, extinguiu todos os dinossauros da superfície da Terra. Além disso, as chances deste corpo celeste atingir nosso planeta são de apenas de uma em 250 mil.
 
O 2003, o QQ47, como é conhecido, é formado por vários pedaços de pedra que permaneceram no espaço, resultado da formação do Sistema Solar. Até passar perto da Terra, o asteróide viajará a uma velocidade de 1 15 mil km/h e será seguido constantemente pelos especialistas. É aguardar para ver o que acontece.
 
 
Conclusão: Gosto muito de astronomia, não perco a oportunidade de assistir documentários na TV ou ler algo aqui na net. Até faço parte de grupos de astrônomos virtuais. E a gente aprende uma lição muito básica: os corpos celestes têm um ciclo de vida como nós seres biológicos. Uma estrela, por exemplo, nasce, cresce, tem um longo tempo de vida e um dia... morre.Aliás, eu acho isso lindíssimo e, é algo para se pensar. Então, nosso maravilhoso sol, uma estrela de quinta grandeza, um dia esfriará, tornando inviável nossa permanência aqui. Com base nisso, sempre considerei o final dos tempos bíblico, apenas um alerta de que a natureza é feita de ciclos e que a vida se renova, nada mais que isso. Se a raça humana sobreviverá? É só ler nas entrelinhas da natureza, o planeta passou por muitas mudanças durante eras, mas a vida nunca se extinguiu, nem na época de Noé... e até o sol esfriar, muita coisa acontecerá em termos de desenvolvimento tecnológico e humano. A pista? Está lá na Bíblia: um novo céu e uma nova terra. 
publicado por encontromarcado às 14:30

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
30



mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO